Visão crítica sobre 02

Ir em baixo

Visão crítica sobre 02

Mensagem por Ni em Sab Out 25, 2014 3:34 am

Estive nessas últimas semanas a debater com isso no tumblr, e algumas vezes no twitter. Como já terminei 02 graças ao stream da Fuzzle e agora estamos a assistir Adventure, venho compartilhar uma visão crítica e neutra (apesar de eu ser sim uma fan de 02).

Pra começar, venho com a crítica de que os furos de 02 são mais por causa da história ser totalmente voltada ao Ken Ichijouji e não ao grupo, como é em Adventure. Em Adventure temos oito crianças e o enredo é voltado nelas -- todos ganham algum protagonismo, mesmo que o nível de poder seja totalmente desbalanceado e injusto.

Em 02 a história começa com o Digimon Kaiser e então passamos para a fase em que Ken está em um estado mental CRÍTICO e mesmo assim consegue tomar o foco da história fazendo com que as outras personagens de 02 (tanto os novos quanto os veteranos) não tenham seu merecido holofote. Daisuke é o protagonista, mas não é o foco da história, nem o grupo e isso faz com que a história de 02 seja menos "gostável" para uns, pois as personagens não possuem um episódio para que elas possam mostrar ao público o seu potencial e conquistar telespectadores.

As novas crianças que vieram junto de Ken -- Daisuke, Miyako e Iori -- são, na maioria das vezes, comparadas com as personagens da primeira season pelo fato de herdarem os mesmo brasões. Algo errôneo, pois os brasões serviram para ensinar a cada criança sobre as virtudes que já tinham, embora não tivessem consciência das mesmas, e os Digimentals vinham com essa mesma função: Daisuke aprende a ser mais corajoso e a compreender o significado da Amizade; Miyako aprende que ela tem um coração amável e puro; Iori descobre que ser curioso é bom e que sua honestidade o faz uma pessoa em quem todos podem contar.
Mas isso nem sempre é discutido ou abordado diretamente, pois os primeiros episódios dão a entender que eles vieram para substituir os já conhecidos escolhidos; a verdade é que estas três personagens (+ Ken) são parte do grupo de Taichi, como novos escolhidos.

Com isto, passo para a primeira personagem que possui tantos erros em sua caracterização quanto as demais: Motomiya Daisuke.

Daisuke é uma personagem cuja personalidade é escrita no Memorial Book como "sangue-quente, corajoso, leal aos amigos, bondoso e recusa-se a desistir até o final". O anime mostra metade disto, pois o staff queria que ele não sofresse muita transformação e continuasse o mesmo. Com isto, temos o Daisuke a ser 95% confiante em si mesmo, forte e destemido; além disso, o utilizam como comic relief mais do que abordam um Daisuke sério e humano. Seu único desenvolvimento ocorre quando Ken revela-se o inimigo. Aí está o problema môr da personagem: Daisuke é utilizado como uma peça para o desenvolmento de outra, sendo que este não recebe nem um terço de desenvolvimento. Além de muitos fans acreditarem que Daisuke seja gay pelo Ken, descracterizando e ignorando o fato que Daisuke pode e é mais provável que seja Pansexual/Panromântico, se for analizar cuidadosamente sua caracterização. Daisuke também é julgado como "cópia" de Taichi por muitos fans por ter tido o Digimental da Coragem e as Goggles, coisa que não tem fundamento algum: Taichi é uma personagem que teve um desenvolmento completo, enquanto Daisuke só um pouco. Taichi também teve mais momentos em que ele era um humano, enquanto Daisuke é retratado no anime como uma personagem caricata e somente humano no material extra (no filme Hurricane Touchdown, por exemplo).
Outro problema é como Daisuke é, e é impossível negar, birrento demais em relação ao Takeru. Ele deduz que Takeru gosta de Hikari e então começa a implicar, fazendo de tudo com que Hikari o perceba. Essa "rivalidade" vinda de um lado só é distorcida pelos fans, que acreditam que Takeru é estúpido demais para rebater e aceitar tal comportamento infantil, regredindo o desenvolmento de Takeru.
Porém, Daisuke recebeu desenvolvimento no material extra, como um lado mais sentimental. Se eu gosto do Daisuke é porque eu comecei justo com o material extra e não com o anime em si; o Daisuke do anime é uma personagem inacabada e que mal teve sua chance de conquistar o público (apenas no último arco e mesmo assim os fans o criticam pelo seu único momento de mostrar o seu potencial). Daisuke de 02 é mais um objeto para o desenvolvimento de Ken do que uma personagem humana.

Inoue Miyako e Hida Iori, que são menos populares que Takeru & Ken, são outros dois personagens que não tiveram nem um pouco de protagonismo -- fora os episódios centrados neles. Se você for ver o material all-series que possuem mais personagens de cada season, irá encontrar ou Ken, Takeru, Hikari ou até mesmo 02!Taichi & Yamato. Miyako é uma personagem que ama tudo com uma paixão ardente e é criticada pelos seus Digimentals -- que combinam com a personagem. Iori é mal visto pela fandom por ser maduro demais para a sua idade (mas não que isso seja impossível), e por ser o único que não perdoou Ken tão rápido quanto os outros. Estas personagens nem sequer possuem um episódio explorando todo o seu potencial, fazendo com que a audiência as rotulem como "chatas" e "cópias falhas" das personagens anteriores; Miyako nem é a "protagonista feminina" de 02, mas sim Hikari. E ela também não teve tanta participação no plot, fora no arco do Kaiser. Iori teve mais participação no plot por estar conectado ao vilão Oikawa Yukio. Se forem ver enquetes sobre a popularidade das personagens de 02, Iori sempre aparecerá na frente de Miyako. Miyako também é julgada e criticada por ter um relacionamento com Ken e por ter se casado com ele, fazendo com que muitos shippers de Daiken a tornassem uma "Sora Takenouchi". Ambas personagens (Miyako & Iori) possuem um desenvolvimento fraco que não compete com as personagens de Adventure.

Takeru, Hikari e os veteranos possuem várias alterações e as piores delas acontecem mais com Takeru & Hikari do que com o resto do grupo. Primeiramente gostaria de dizer que é mais aceitável as mudanças de Taichi, Sora, Koushirou, Jyou, Mimi, Yamato do que estes dois mencionados. Podemos ver que Taichi aprendeu a ser menos impulsivo e maduro em 02 como forma de completar o seu desenvolvimento na série anterior, mas há uma desevolução nas personagens Takaishi Takeru e Yagami Hikari.

Takeru em Adventure era a personalização da esperança, uma criança jovial e que enfrentou tantos momentos difíceis que o tornaram forte no final da season, mas os três anos que se passam o tornaram uma personagem com duas faces e com uma traumática experiencia. Takeru de 02 quebra todo o desenvolvimento alcançado em Adventure, forçando-o a ser mais parecido com Yamato do que com o próprio Takeru; a cena que muitos fans acham "badass" é o cúmulo da descaracterização da personagem, que jamais seria capaz de fazer algo do tipo, ou falar com aquele sarcasmo/linguajar. O forçamento do tipo "anti-herói" em Takeru destrói a função de "esperança" passada pela personagem de Adventure, cujo não deixou com que sua esperança fosse roubada pelas trevas ou pelo medo.

Hikari, a personagem "protagonista feminina" de 02, também foi descaracterizada na sequência quando decidiram torná-la fraca e frágil perante às trevas; Hikari em Adventure foi forte e corajosa ao ponto de querer se sacrificar por todos em Odaíba, e também enfrentou (ao lado do grupo) os Dark Masters e seus subordinados sem recuar uma só vez. O episódio 13 de 02 transforma-a numa personagem fraca e dependente de Taichi -- coisa que não se vê em Adventure, e sim o contrário: quem depende de Hikari é Taichi. Hikari de 02 é forçada ao conceito de "dama em perigo" e dá a entender que sempre precisa ser salva por Takeru/Miyako/Daisuke/etc. O conceito do Oceano Negro poderia até vir a ser um bom plot para causar mais interação entre ela e Ken, mas não foi utilizado de forma alguma.

Já os veteranos, sofrem com o fato de que foram atirados para o canto e tornaram-os obsoletos, tirando Taichi, Koushirou e Yamato, que ainda continuaram a "servir" pra alguma coisa no enredo. Mas e quanto à Mimi, Jyou e Sora? Estas personagens possuem menos episódios que os outros, sendo raríssimo vê-los em tela.
Além disso, com a introdução das novas crianças e dos Digimentals, passa-se a impressão que as crianças de Adventure não são mais necessárias, e que só estão lá para apoiar o novo grupo. O arco final de 02 contradiz isto, fazendo com que os outros seis veteranos sejam sim importantes para a história. No material extra de 02, o grupo é retratado como "doze escolhidos", sem divisórias entre o "grupo de Taichi" e "grupo de Daisuke".

Ichijouji Ken e o plot são basicamente conectados um ao outro, e aqui que entra meu desapontamento: Ken é como se fosse o "mais querido" de 02, e é o mais popular junto de 02!Takeru. Ken é retratado como o primeiro vilão humano na franquia anime, o mais popular dos vilões (junto de Vamdemon e Piemon se não me engano) e o personagem que teve um desenvolvimento completo. Porém, este desenvolvimento sacrifica todo o desenvolvimento que Daisuke, Miyako, Iori e os personagens de Adv poderiam ter: O plot em si é sobre Ken, a história contada é sobre Ken e todos os acontecimentos é sobre Ken. A personagem poderia ser um "rei" no plot, sendo o mais importante de todos e tendo vários pontos em que o plot diz em letras bem grandes "Zero Two é sobre Ken e o resto que se dane". Vamos por partes:

1 ) Quem foi o primeiro inimigo? Digimon Kaiser;
2 ) Quem foi a pessoa com quem Daisuke mais se importou? Ken;
3 ) Do que palavras de Wizarmon no episódio 17 eram sobre? Do brasão da Bondade, primeiramente;
4 ) De quem era o brasão (que saiu do nada) que Qinglongmon utilizou para transformar em Digimental? o brasão de Ken;
5 ) Quem Archnemon precisava para contruir a Torres Negras? Do Digimon Kaiser;
6 ) Quem foi a criança com a Dark Seed que Daemon queria? Ken;
7 ) Quem Oikawa queria? Ken e sua Dark Seed;
8 ) Quem precisou de todo o grupo para ser libertado de sua ilusão? Ken.

Agora cite algo que foi sobre os outros personagens. São raríssimas vezes que estes tiveram alguma importância na história. Ken é, sem dúvida, o mais bem desenvolvido em 02, mas também limitou as outras personagens a meros peões de sua história sobre redenção no seu arco como vilão. Além disso, ele passa a outra metade de 02 em um estado mental crítico e frágil, só recuperando-se no material pós-02.

Como o plot em si gira em torno de Ken, as personagens vilãs e anti-heróis também são bem mais tratadas do que as personagens heroínas. Oikawa é outra personagem cujo seu arco foi bem escrito, idem à melancolia de Black War Greymon. Archnemon & Mummymon vieram a ser um perfeito duo a la Jessie & James, sendo vilões carismáticos.

Outras personagens que foram interessantes e mal tiveram um bom uso de seus concepts foram as famílias das 02 kids, as Dark Seed kids, e os escolhidos internacionais. Podemos escrever mais sobre os pais de Ken do que, por exemplo, a família de Daisuke. O que se sabe sobre os Motomiyas está no Memorial Artbook, o mesmo se diz dos Inoues e Hidas. A participação das famílias já mostradas em Adventure também foram mínimas e mal-utilizadas. As únicas personagens que possuem alguma personalidade são Motomiya Jun (irmã de Daisuke) e Hida Chikara (avô de Iori), aparecendo mais do que toda as duas famílias. Não se tem nomes oficiais para as personagens (fora os irmãos de Miyako: Mantarou, Chizuru e Momoe).

02 não é uma season "boa" nem "ruim", é apenas uma season que teve grande potencial para uma sequel e foi mal-desenvolvida por causa de dois head writers que mal sabiam o que estavam fazendo. 02 contradiz eventos de Adventure, como os brasões; e a si mesmo, como a testemunha de Daisuke sobre a cena do Digimental dourado no episódio 21 e 26.

Espero que, nesta nova season, corrijam todos este erros e que terminem o que 02 não terminou.


Última edição por Ni em Sab Out 25, 2014 5:41 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Ni
Membro Novato
Membro Novato

Mensagens : 13
Idade : 25

Data de inscrição : 25/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visão crítica sobre 02

Mensagem por Kevin em Sab Out 25, 2014 12:29 pm

Vc podia ter resumido... ficou tão grande.... kkkkkkkkk

Seguindo pela sua visão... Concordo que Zero Two segue por esse caminho de apoiar-se na vida de Ken. Todas as situações ocorrem devido a Ken não juntar-se ao grupo inicial na época certa, graças ao irmão, ficou fora podendo ser manipulado pelas forças das trevas e abrindo todo o curso da temporada em questão. Infelizmente acho que isso fica pouco evidente para quem está assistindo como sua primeira temporada ou quem AMA Adventures e esperava encontrar mais de seus personagens cativantes.

De certo modo, acabou deixando bem apagado personagens como Miyako e Iori. Acredito que a tentativa de dar importância para eles foi feito de forma muito abrupta e segregada... Se a ligação de Iori com Oikawa tivesse aparecido mais cedo ele teria tido mais importância que apenas no final. Se o interesse de Miyako tivesse sido mais intenso (como era do feitio dela ser intensa o tempo todo) ela teria tido muito mais participação e importância.

E venho a concordar que são personagens incompletos e mal explorados e logo mal compreendidos pelos fãs. Mas, algo que contribui muito para que os fãs não o amassem foram as porcarias das dublagens. Coddy vira mulher em Portugal e por diversas vezes as coisas ficam estranhas... Os digimentals foram traduzidos como Digi-ovos no Brasil e infantilizado em diversos pontos.

Além disso, não levaram em conta como transmitir a cultura do japonesa ao brasileiro, apenas traduziram as coisas. O melhor exemplo é a comparação Davis com Tai. Logo no primeiro capitulo, na dublagem brasileira, a ideia transmitida é que Davis admira Tai e por isso o imita, querendo ser como ele. Para qualquer brasileiro que escute a palavra IMITAR entende a coisa como copia. Entende que a pessoa não tem personalidade. E aqui as crianças tem essa visão de que alguém que tenta agir como outra pessoa é um "mané".

Mas, a verdade é que quando levado em conta a cultura japonesa, eles possuem essa coisa de um aluno mais velho da escola servir de exemplo para os mais novos. Os calouros espelham suas atitudes, agindo como veem os veteranos agirem, não como imitadores ou copias, e sim como pessoas que estão aprendendo algo.


Agora, discordo sobre a visão de Takeru. Respeito perfeitamente a visão que as pessoas tem das cenas anti-herói, dele agir quase como o Matt. Mas, entendo que as digimentals são uma marca de alguém que está descobrindo aquela virtude. Assim como Daisuke, Iori e Miyako estão a descobrir aquelas essas características neles, Takeu e Hikari, mesmo sendo o simbolo da esperança e da luz, anda precisam descobrir mais sobre suas características. (Essa ideia é reforçada com a visão de que eles possuem poderes ocultos extraordinários que ainda não conhecem).

Seguindo por essa linha, acredito que quando Takeru perde a paciência e age com agressividade, como na vez que fica frente a frente contra o Imperador Digimon, acho a cena coerente e perfeita. Um garoto de 11 anos (desculpe se errei a idade) que passou por traumas como ele passou (inclusive um digimon encrando a morte como brincadeira) estar diante de uma pessoa que quer brincar com as trevas achando que a vida é um jogo faz qualquer um perder a cabeça. Digo mais, se Takeru fosse comportado o tempo todo, com apenas 11 anos, seria ridículo. Pois ele seria artificial demais e muito COPIA do que fizeram com a Kari (toda meiga e centrada).


E ai volto a concordar, Hikari foi colocada como a Dama ser protegida, mas sem perder a característica de querer salvar as pessoas. E acho que é nesse ponto que as coisas ficam bem intrigantes. Ela quer ajudar a todos, se preocupa com todos. No entanto, ela dificilmente se vira sozinha.

Por muito tempo, depois da temporada terminar fiquei questionando isso. Como a garotinha forte que quer ajudar todos se transformou na donzela em perigo que não faz nada sozinha? Esse é um dos maiores furos que eu tenho curiosidade.

Criei minha própria teoria disso.

E se Kari ficou assim por causa dessa coisa dela querer ajudar e não preocupar os outros?

Por diversas vezes podemos perceber que os habitantes do mar negro tentam atraí-la para lá: Aparecendo nada; Fazendo ela sentir algo ruim; Além de ouvir vozes. Isso é perturbador! Imagina uma garota crescer perseguida desta forma?

Hikari (Kari), não quer preocupar ninguém, então ela não conta sobre isso. Vive sozinha com essa perseguição sem saber o que está acontecendo. Ela pode se tornar forte, mas é mais fácil ela ficar fragilizada com isso.

Além disso, podemos ver que todos se preocupam com ela o tempo todo, não a deixam fazer NADA sozinha. Tai que acha que sua irmã não consegue fazer nada sozinha, ainda tem um amigo na escola que faz o mesmo quando o irmão não está (Davis). Davis tem uma preocupação grande com ela e pela história, eles se conhecem a tempos.

Alguém que é protegida o tempo todo acaba se tornando "frágil", junto com a situação de nunca falar sobre as coisas que atormenta, ela realmente se torna uma pessoa como vemos em 02.

(Trabalho com crianças no escotismo que são assim, os pais não deixam elas fazerem nada sozinha e escondem as coisas que acontecem com elas e elas escondem coisas que aconteceram com elas, achando que é culpa delas e que as pessoas não vão entender).


Ainda há algo legal nisso tudo. Takeru e Tailmon estão sempre dizendo que Hikari é uma menina forte, porque acreditam nela e sabem o que ela pode fazer. Mas, ela própria parou de acreditar quela tem essa capacidade com tanta perseguição e proteção.


Essa é minha teoria.

Tanto que uso-a em uma fic que fiz. Por um quarto da fic Kari está tentando mostrar que não é uma princesinha e sempre falha, no segundo quarto ela acaba desistindo e virando realmente a princesinha em perigo. No Terceiro quarto ela começa a ser perseguida por essa sua fama de princesinha e só no último é que ela é convencida de que ela pode mais do que está fazendo.

Gosto de usar as teorias em fanfiction, dando vida ao que idealizamos.




avatar
Kevin
Membro Novato
Membro Novato

Mensagens : 28
Data de inscrição : 04/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visão crítica sobre 02

Mensagem por Ni em Sab Out 25, 2014 4:27 pm

Não deu pra resumir, mas o que quis dizer sobre Takeru & Hikari foi que essas idéias foram jogadas do nada, sem nenhum fundamento algum. Até já disse em outra análise que poderiam fazer com que o Takeru evoluísse incorretamente o Patamon para aprender sobre o seu ódio.

Os head writers tiveram toda oportunidade para fazer isto acontecer; a luta com o Digimon Kaiser era perfeito para fazer Takeru evoluir Patamon para um digimon perigoso e causar um conflito interno em Takeru, tal como acontece com Taichi em Adventure. A evolução incorreta (de acordo com a novel) para Skull Greymon foi causada pelo orgulho de Taichi, e, somando com o episódio em si, a imprudência que ele tinha até o momento.

Além disso, dava muito bem para colocarem o Daisuke -- que tem uma natureza de ajudante, já apresentada tanto em 02 quanto no material extra (Hurricane Touchdown filme e Natsu e no Tobira CD Drama ) -- a auxiliar o Takeru em enfrentar esse problema com as trevas. O papel do Daisuke em 02 é tanto de "líder" quanto o de "ajudante" se for parar para analisar bem o primeiro arco: As novas crianças vieram com o intuito de destruir as Torres Negras e permitir que os veterano pudessem ter o poder a evolução de volta.

Ainda acho forçado demais o que fizeram com Takeru e Hikari, não por descartar as idéias, mas sim por terem atirado-as assim "de repente". A narrativa não deixa claro que Takeru e Hikari tiveram alguma "alteração" entre 1999 e 2002, e quando estes começam a se comportar diferente das personagens que tiveram desenvolvimentos excelentes em Adventure; dá um sentido de retardo no desenvolvimento.

Mas culpo mais pelo fato de 02 ser uma história sobre Ken e não ter se interessado em explicar/explorar nada em relação ao grupo, o que fora apenas abordado após a série [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.], lançados em 2002. No CD Drama com as 02 kids temos até a backstory do Daisuke, coisa que poderia ter sido apresentada dentro de 02 e iria servir como melhor base para o Digimental da Amizade.

Tudo o que não tiver a ver com o Ken tem uma qualidade muito precária em 02 e isso que me dá raiva, e olha que eu admito que o Ken é um dos meus favoritos (junto de Miyako & Daisuke).


Última edição por Ni em Sab Out 25, 2014 6:11 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Ni
Membro Novato
Membro Novato

Mensagens : 13
Idade : 25

Data de inscrição : 25/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visão crítica sobre 02

Mensagem por Ni em Sab Out 25, 2014 5:39 pm

dang era pra editar o post, não quotar. (pls apaguem esta mensagem ;w; )
avatar
Ni
Membro Novato
Membro Novato

Mensagens : 13
Idade : 25

Data de inscrição : 25/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visão crítica sobre 02

Mensagem por Ni em Sab Out 25, 2014 5:44 pm

de novo o MESMO erro -.-
avatar
Ni
Membro Novato
Membro Novato

Mensagens : 13
Idade : 25

Data de inscrição : 25/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visão crítica sobre 02

Mensagem por Kevin em Sab Out 25, 2014 7:11 pm

kkkkkkkkkkkkkkk Botãzoinho de edição TENSO esse seu... hauhaua


Mas, sabe que eu prefiro o foco da história em cima do Ken como foi Zero Two do que a centralização que ocorreu em Frontier (Chouji e Takuia).

O problema das histórias de Zero Two é que figaram totalmente separadas. Para você conhecer a historia completa você precisava:

- Assistir Adventure
- Ver os Ovas de Adventure
- Assistir o Ovas de Zero Two
- Assistir Zero Two
- Jogar o jogo em que aparece o Ryo
- Escutar os Dramas CD's


Talvez para os japoneses Adventures tenha feito tanto sucesso que a fragmentação tenha sido interessante (duvido), mas para o restante do mundo... Impossível de acompanhar.
avatar
Kevin
Membro Novato
Membro Novato

Mensagens : 28
Data de inscrição : 04/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visão crítica sobre 02

Mensagem por Ni em Sab Out 25, 2014 7:22 pm

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:kkkkkkkkkkkkkkk Botãzoinho de edição TENSO esse seu... hauhaua


Mas, sabe que eu prefiro o foco da história em cima do Ken como foi Zero Two do que a centralização que ocorreu em Frontier (Chouji e Takuia).

O problema das histórias de Zero Two é que figaram totalmente separadas. Para você conhecer a historia completa você precisava:

- Assistir Adventure
- Ver os Ovas de Adventure
- Assistir o Ovas de Zero Two
- Assistir Zero Two
- Jogar o jogo em que aparece o Ryo
- Escutar os Dramas CD's


Talvez para os japoneses Adventures tenha feito tanto sucesso que a fragmentação tenha sido interessante (duvido), mas para o restante do mundo... Impossível de acompanhar.

O problema de Frontier é o mesmo de 02 : P Tiveram muito elementos bons e mal os utilizaram, até as personagens reclamam do protagonismo de Takuya & Kouji. Em 02 isso acontece por causa que a história é sobre Ken e não sobre os escolhidos, como é em Adventure. Em termos de plot e desenvolvimento, Adventure é muito mais rico do que 02.

E eu discordo sobre os jogos: Segundo a minha amiga Fuzzle, ela me disse que quem jogou os jogos do Ryo notou que as personagens são OOC e alguns fatos não correspondem direito às séries & filmes (ex.: nos jogos diz que Ken & Ryo assistiram a batalha contra Diablomon juntos, e no filme só temos um cameo do Ryo com uma criança que não é o Ken). O que temos em 02 é uma versão-anime dos ocorridos dos jogos de Wonderswan.

E outro problema é justamente o fato que CD Dramas e jogos de Wonderswan eram totalmente exclusivos ao Japão. As explicações dadas nos CD Dramas de Adv/02 em relação às próprias séries jamais tinham sido descobertas até o momento em que começaram a surgir traduções por fans. Por isso mesmo digo que pra entender Adv/02 original é preciso ver todo o material e não só o anime.



• Chosen of Courage & Love



"Daijoubu daremo hitori ja nai / Todokanai ashita nante nai sa / Dandan yume ni chikadzu iteru/ Sukoshizutsu tadoritsukeru hi made"
"It's okay, no one is alone / There's no such thing as a tomorrow that can't be reached / Gradually it gets closer to your dreams / Struggling on little by little until that day comes"
avatar
Ni
Membro Novato
Membro Novato

Mensagens : 13
Idade : 25

Data de inscrição : 25/10/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visão crítica sobre 02

Mensagem por Kevin em Sab Out 25, 2014 8:02 pm

Então concordamos que a história é bem fracionada. rsrs

Mas... Agora lembrei-me, que eu tinha a esperança que Zero Two viesse a contar a história daquelas cinco crianças que vieram antes da turma de Taichi. No capitulo onde eles derrotam Apocalimon o espirito que zela pelo digimundo conta que cinco jovens, antes deles, venceram as trevas.

Sempre quis que contassem essa história!!!
avatar
Kevin
Membro Novato
Membro Novato

Mensagens : 28
Data de inscrição : 04/09/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Visão crítica sobre 02

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum